Seguro está chocado com a redução do Subsidio de Natal

O candidato à liderança do PS, António José Seguro, afirmou que se foi eleito secretário-geral do partido, os socialistas votarão contraum imposto extraordinário equivalente a 50% do subsídio de Natal acima do salário mínimo.

«Esta medida, tal como foi anunciada, se eu vencer as eleições, não terá o voto do PS», garantiu.

Numa declaração fora do plenário, quando se discute o programa do Governo, António José Seguro mostrou-se contudo «chocado» com esta medida do Governo, que diz revelar «insensibilidade social». «Eu não estava à espera», adiantou, afirmando que a medida «choca todos os portugueses».

«Os portugueses estão fartos de sacrifícios», afirmou António José Seguro, defendendo que «sacrifícios adicionais têm que ser fundamentados». «Mas a única fundamentação que ouvi foi precaução», frisou.

Seguro afirma que Passos Coelho está a ir contra aquilo que defendeu e lembra que o actual primeiro-ministro tinha mesmo afirmado que não poderia haver aumento de impostos para 2011». Além disso, frisa que Passos Coelho sempre defendeu o corte da despesa, mas anuncia apenas uma medida de aumento da receita.

Passos Coelho respondia dentro da sala. O primeiro-ministro recordou que a medida só será apresentada «em detalhe» nas próximas duas semanas, mas frisou que só se aplica ao «equivalente financeiro a 50% do subsídio de Natal que exceda o salário mínimo», ou seja, «apenas aqueles que têm rendimentos inferiores ao salário mínimo nacional serão dispensados desse esforço». Passos Coelho diz que isso garante ainda «que a larga maioria de pensionistas não será abrangida». «Chama-se a isto justiça na distribuição dos sacrifícios», assegurou.

Luis Ferreira @iPhone [969510948]

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Quatro das razões da nossa candidatura


Faça download da Moção Política de Orientação Nacional (PDF)

António José Seguro, em discurso directo:

Apresento-me em nome de valores, de um projecto e de uma enorme vontade de mudança. Sou candidato por vontade própria. Apresento-me com toda a minha força e energia. A minha disponibilidade é total. Os socialistas conhecem-me e sabem que podem contar comigo.

Tenho consciência do momento difícil que o país atravessa. E essa é uma das motivações da minha disponibilidade para liderar o nosso PS. Alguns, em minha defesa pessoal, tentaram convencer-me a não me candidatar. Mas este é o tempo certo para quem está na política com convicções e por causas.

A razão da minha acção política são as pessoas, e é em nome delas que estou na política.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Mais planos de austeridade não por favor


“O PSD está a escolher o caminho errado”, afirmou hoje António José Seguro, em Leiria, reagindo às declarações de ontem de Pedro Passos Coelho sobre a necessidade de Portugal adoptar um novo plano de austeridade.

A austeridade “conduz à diminuição no nosso crescimento, a uma contracção da nossa economia”, acrescentando que, pelo contrário, “o país precisa de projectos que possam colocar Portugal a crescer economicamente”.

”É necessário apoiar as nossas empresas, nomeadamente as que têm capacidade de exportação, na medida em que “promovem o emprego”, declarou o candidato na apresentação do Novo Ciclo, em Leiria.

António José Seguro referiu ainda a necessidade de os recursos disponíveis serem “concentrados em muitas empresas portuguesas que trabalham para o mercado nacional e que têm capacidade para se manter durante os momentos de turbulência pela qual está a passar a nossa economia. Muitas vezes, estas empresas apenas precisam de acesso a tempo e horas ao crédito bancário para resolver muitos dos seus problemas de tesouraria”.

Seguro defendeu que outra das formas de apoiar as empresas está relacionada com o modo “como Portugal se irá posicionar na negociação das perspectivas financeiras ao nível europeu para o período de 2014-2020”, assumindo que o país deve “atrair recursos e fundos comunitários para os sectores mais dinâmicos e para os sectores que tenham a capacidade para continuar a colocar nos mercados interno e externo os seus produtos”, no sentido de contrariarem o “percurso de contracção da nossa economia”.

“Se não aumentarmos a nossa capacidade de crescimento económico, terei muitas dúvidas em relação à nossa capacidade de satisfazer os compromissos que temos, atendendo às elevadas taxas de juro”, afirmou.

O candidato socialista falou ainda da relação com a Europa, assumindo a intenção de colocar Portugal na linha da frente do projecto europeu socialista. “Há determinados problemas que temos em Portugal e que podem ser solucionados através de um projecto europeu mais solidário e através de uma governação politica e económica da União Europeia”, declarou perante uma sala cheia de militantes e simpatizantes socialistas.

O encontro reuniu dirigentes, militantes e simpatizantes de diversas concelhias do Distrito de Leiria, entre os quais o Presidente da Câmara Municipal de Leiria, Raúl Castro, e o fundador da CGTP, Kalidás Barreto.

Ribatejo Seguro @2011

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Seguro defende crescimento económico

“Portugal precisa de uma verdadeira política industrial”

“O país precisa de uma verdadeira política de internacionalização da indústria nacional”, afirmou hoje António José Seguro no encontro com os militantes em Setúbal.

O Estado deve “facilitar a capacidade exportadora das empresas, mostrando-lhes novos mercados e criando condições que facilitem a colocação da sua produção em mercados externos”, acrescentou o candidato à liderança do Partido Socialista. “Só o investimento pode criar riqueza e postos de trabalho”, disse, salientando a necessidade de ”substituir importações por produção nacional”.

Seguro defendeu a aposta no “capitalismo ético”, em detrimento do “capitalismo de casino”, apontando a necessida! de de uma nova relação com o mundo laboral. “Temos de regressar para junto das pessoas. Dos trabalhadores. Temos de respeitar os sindicatos. Conto muito com os trabalhadores socialistas”, acrescentou o candidato socialista apelando ainda “às mulheres e aos homens de esquerda para que se juntem ao Novo Ciclo”.

As questões sociais foram também um dos temas centrais da sessão designadamente o desemprego, a justiça social e a igualdade de oportunidades. “Em momentos de austeridade, o papel de um partido de esquerda é estar com as pessoas e encontrar soluções para os seus problemas. O PS é o espaço natural da esquerda democrática”, afirmou perante uma sala repleta de militantes e simpatizantes socialistas.

RIBATEJO SEGURO @2011

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Novo ciclo em digressão pelo País

Luis Ferreira @iPhone [969510948]

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Almeirim

Dia 8 de Julho pelas 21h30 o nosso camarada António José Seguro estará em Almeirim  no CineTeatro para apresentação da sua Moção Global de Orientação Política:

O NOVO CICLO PARA CUMPRIR PORTUGAL

Contamos consigo!

Faça download da Moção Política de Orientação Nacional (PDF)

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Novo Ciclo

António José Seguro como Secretário-geral do PS, representa o retomar de uma nova esperança para todos os cidadãos que não se reconhecem na governação que a direita ora encetou.

Mais do que ser um desejo de grande parte dos militantes de base do PS, a MUDANÇA que se tem de operar, é desejo dos cidadãos.

O Ribatejo só podia estar com Seguro, por um NOVO CICLO!

Luis Ferreira @iPhone [969510948]

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário